Total de visualizações de página

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Erros...

Às vezes a vida me coloca frente a situações em que eu deveria parar e pensar mil vezes antes de tomar qualquer decisão... Fazer ou não alguma coisa sempre implica em alguma consequência, só que são pouquíssimas as vezes que eu paro pra pensar nelas. Principalmente quando estou magoada com alguma situação; é exatamente aí que tenho atitudes impulsivas e não penso em mais nada, apenas no meu bem estar momentâneo.

Eu sou assim, uma pessoa impulsiva, quase nunca penso no dia de amanhã, costumo sempre viver o hoje, o aqui e agora! E o que é pior, raras vezes penso que minhas atitudes influenciam nas atitudes futuras de outras pessoas, nos meus sentimentos e também no das pessoas que estão ao meu redor. Eu nunca me culpo por atitudes não pensadas e nem pesadas, e muito menos me preocupo se elas são imaturas. Na verdade acredito que todos os meus erros servem pra me fazer crescer, é nos erros que aprendo e mais que isso, é em cima de atitudes que me levam ao arrependimento que consigo enxergar soluções e buscar sempre meu desenvolvimento pessoal.

Sei reconhecer meus erros, assumi-los, e sei pedir desculpa. Não por achar que eu seja culpada de qualquer atitude impensada, mas por querer confortar os corações envolvidos. Mais ainda, mostrar que tenho plena consciência de que errei e estou buscando recomeçar, virar a página e tentar construir tudo outra vez. Não me envergonho pelos meus erros, pelo contrário, acho que vergonha é consequência de culpa, de quem se paralisa no erro e não procura solucioná-lo.

Erros sempre vão existir, em maior ou menor intensidade, mas se amo de verdade é melhor fechar os olhos pra certas imaturidades e seguir em frente... Pensar nas coisas boas de um relacionamento, pesar todos os erros que foram cometidos e superados. Às vezes não estou legal e uma atitude impulsiva de alguém me machuca mais do que o normal, e me faz pensar que tudo mudou.

Só que nada mudou, tudo está como sempre... O mesmo sorriso, a mesma vontade, a mesma saudade, a mesma felicidade em saber que tudo está bem... O mesmo cheiro, o mesmo sabor, o mesmo jeitinho bobo, a mesma cara de paixão, o mesmo calor no abraço, o mesmo abraço durante o sono... É tudo a mesma coisa, que não se pede, não se cobra e não se mede... Eu quero paz, quero amor, quero ser feliz...

Thabata do Bem

3 comentários:

  1. Amiga, ta lendo pensamento? Td q eu tenho pensado vc escreve aki... rs

    ResponderExcluir
  2. Meninas,

    A iniviativa é ótima, os textos estão muito legais e sinceros! Parabéns, escreveam sempre sobre as delícias e as dificuldades de ser mulher! Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Eiii anjo, acho q toda mulher tem um pouco d vc dentro delas sabia? pq li e m coloquei completamente no seu lugar ... e sabe q tem hras q essa mesmice m deixa entediada, chatiada as vezes ateh maguada comgo mesma pq penso, como fazer pra mudar tudo isso? + tem vezes q NECESSITO da mesmice qndo chego nesse ponto posso dizer q a mesmice chega ser essencial... agora qnto a ser impulsiva e agir sem pensar ... NOSSA, ESSA SOU TODA EUZINHA... os q me cercam mãe, pai , marido sempre tiveram mta dificuldade pra lidar com isso, ateh acostumarem e m aceitarem pq mudar naum consegui nem tentando pra agradar a alguns,+ qndo vi q naum ia conseguir ser feliz sem ser EUZINHA COMPLETAMENTE. com impulsividade e outras coisitas, mandei um FODA=SE e deixei q minha pessoa imperasse em mim, + apesar d todos dizerem q naum tenho um temperamento dificil, t confesso naum sou mtu facil pra fazer amizades dessas fortes mesmo tipo sair juntas pra fazer compras ou pra fazer um lanche na rua ou simplesmente pra pegar no tel e ligar pra jogar conversa fora, coisas q vejo ser mtu natural nas pessoas naum eh cmgu, so isso naum m enquadrei no texto, no resto VC TA D PARABENSSSSSSSSSSSSSS !!!!
    tdolw e t curto assim d longe mesmo + ctz hj ateh com mtu + respeito com sua capacidade d ser tao cabeça!!!
    besitos no tum tum

    De: EUZINHAdRI ^^

    ResponderExcluir