Total de visualizações de página

sábado, 12 de dezembro de 2009

Efemeridade

Por incrível que pareça estou feliz. Sei lá, mas parece que descobri que a felicidade é feita de momentos e não de uma constante! Ninguém é 100% do tempo feliz, ou triste, ou animado, ou chato, ou irritado, ou calmo... O humor oscila, assim como a nossa vida! Aliás, acho que é a própria vida que faz nosso humor oscilar tanto! Não importa é aquela velha história de quem nasceu primeiro o ovo ou a galinha? Entende?
Em um dia eu era só a namorada neurótica, filhinha de papai; aquela que só cuidava de estudar e de cuidar da vida do namorado que estava a mais de 480 km de distância! No outro dia a garota rebelde, sem endereço fixo mas sempre disponível... Para ir a praia com o namorado maconheiro, fazer sexo na hora que ele bem entendesse e claro, virar altas noites bebendo cerveja com os amigos.
E por falar em amigos, como eram grandes amigos... Como diz o poeta: “... aquelas pessoas que andavam ao meu redor hoje escolheram uma menina, que por enquanto acreditam em tudo que eles dizem a mesma história toda vida. O que eu sei, eu sei que ela só vai descobrir quando ela sair de moda”. Isso aí, aqueles grandes amigos resolveram que eu não era mais necessária, meu namorado encontrou outra mocinha, que também acredita que vai durar pra sempre!
Mas a minha família continua ali, firme e forte, dando apoio incondicional e segurando todas as ondas! E o mais engraçado disso tudo é perceber como o sofrimento nos faz crescer. Perdi amigos? Conheci pessoas muito especiais e reencontrei outras maravilhosas. Perdi um amor? Descobri que às vezes é muito melhor estar sozinha do que estar na companhia de alguém que não mereça nosso amor.
E o melhor de tudo: comecei efetivamente a construção da minha vida, com o esforço do meu trabalho e sob o comando das minhas vontades! É claro que nada disso vai durar para sempre, afinal, a vida é efêmera! Tudo passa! E o melhor da vida é exatamente isso, vivenciar experiências diferentes e experimentar vários sabores da felicidade!

Um comentário:

  1. Como pude demorar tanto a ler isso??? Podem me bater!!! A fã nº 1 do Pacotinho teve sua história escrita aki de maneira simples e objetiva e custou a ler... Bom se isso fosse mesmo a história da minha vida só mudaria uma parte... Perdi um amor, mas ganhei um grande amigo... Mas de resto, isso se resume em RenatEEnha Mendes rs
    Amo vcs... E quero mto mais Pacotinho em 2010!!!

    ResponderExcluir